Emily VanCamp Brasil

Emily VanCamp para o ’20 Minutos’

Emily VanCamp para o ’20 Minutos’

Emily VanCamp concedeu entrevista para o jornal suíço ‘20 Minutos‘. — Entrevista por Henry Arnaud, Los Angeles.

“Estou confortável numa bata de enfermeira”

Heroína da série médica The Resident, Emily Vancamp nunca se sentiu tão bem num papel.

Canadense de origem, fala fluentemente francês e sonha em filmar mais na nossa língua.

A série The Resident marca o seu regresso à televisão. Porquê esta escolha?

Esta série mostra a corrupção que existe no mundo médico nos Estados Unidos e fiquei fascinada com este cenário que apresenta o reverso do cenário de um hospital. Sou uma enfermeira que faz tudo para ajudar os pacientes. Ela é dura, mas justa e não tem medo de lutar contra a burocracia e aqueles que só pensam em lucrar.

Você se parece com a sua personagem enfermeira Nic?

Estou certamente muito mais próxima da Nic do que estava da Emily Thorne em Revenge. Foi um desafio interessante interpretar uma mulher completamente perturbada, mas estou muito mais confortável em The Resident. Me sinto confortável numa bata de enfermeira, apesar de ser legal ter roupas bonitas de estilistas e saltos altos sexy em Revenge.

Você está casada desde 2018 com o ator Josh Bowman, que era seu parceiro na série Revenge. Quando vocês terão outro projeto em comum?

Não há nada urgente. Nós interpretamos um casal na tela na série e não foi fácil tentar manter a nossa privacidade fora das câmaras. A gente se apoia em nossos projetos, mas cada um na sua carreira. É mais fácil quando se vai para casa. Em Revenge, eu encarnei uma garota no limite psicopata, o que é divertido, mas complexo.

Você vai retomar a sua personagem de Sharon Carter na nova série The Falcon & the Winter Soldier para a Disney+. Qual a situação atual?

Como sempre com os estúdios da Marvel, tudo é muito secreto então não conte comigo para falar porque sou do tipo que faz asneiras se eu não me controlar (Risos). Há algo de mágico em fazer parte do universo dos Vingadores e adorei cada uma das minhas aparições nestes filmes com o Capitão América e o resto dos super-heróis.

Você fala fluentemente francês. Por que não faz mais projetos em nosso idioma?

Eu peço isso, mas não é fácil fazer chegar a mensagem aos produtores que falam a língua francesa. Filmei pela primeira vez em francês no filme canadense “Pays” entre Montreal e a Terra Nova com uma produtora de Quebec, Chloe Robichaud, e esta continua a ser uma das minhas melhores experiências artísticas. Então, se um diretor francês ou suíço tem um projeto para mim, não hesite em me mandar um sinal.

Entrevista inteiramente traduzida pela equipe Emily VanCamp Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *