Emily VanCamp Brasil

Emily VanCamp detalha Sharon Carter ‘Muito mais cínica’ em “Falcon and the Winter Soldier”

Emily VanCamp detalha Sharon Carter ‘Muito mais cínica’ em “Falcon and the Winter Soldier”

Matéria traduzida do TheWrap

Por Tim Baysinger

Além disso, ela tem pensamentos sobre aquele beijo de Steve-Sharon em “Guerra Civil

O Falcão e o Soldado Invernal” trouxe de volta dois personagens vistos pela última vez em “Capitão América: Guerra Civil”, e nenhum deles era tão radicalmente diferente de suas aparições anteriores do que Sharon Carter de Emily VanCamp.

Como descobrimos no episódio da última sexta-feira, a ex-agente da SHIELD e da CIA é agora uma ladra de arte que vive no refúgio de criminosos de Madripoor, longe da jovem agente idealista que foi vista pela última vez beijando Steve Rogers. É o resultado de passar os últimos anos como uma fugitiva de seu próprio governo, piorado ainda mais quando ela é a única pessoa que não recebeu perdão no mundo pós-blip do MCU.

“Vemos uma versão muito mais cínica de Sharon, ela obviamente já passou por isso. Ela está relutantemente prosperando, eu diria, neste novo mundo como esta fugitiva nesta terra sem lei e obviamente está esperando por seu perdão, que ainda não veio”, disse VanCamp ao TheWrap. “É meio triste, de verdade, ver Sharon neste estado, mas também é incrível. Isso a torna muito interessante e é muito legal vê-la independente do Cap, o escudo, Peggy, tudo isso, e meio que desonesta fazendo suas coisas.”

Sharon certamente tem uma infinidade de motivos para estar zangada com o ex-Capitão América de Chris Evans. Ela não só arruinou sua própria vida para tirar Steve, Sam e Bucky do Centro Conjunto de Contraterrorismo em Berlim, mas aparentemente não foi convidada a fugir com Cap e sua equipe durante o período entre a “Guerra Civil” e “Vingadores: Guerra Infinita”.

“Ela se sacrificou muito e saiu correndo, mas acho que é como se a punição não fosse necessariamente apropriada para isso. Realmente não se encaixa no crime aqui. Todas as outras pessoas foram perdoadas e, portanto, você vê que ela está irritada”, disse ela. “Era importante abordarmos isso e não apenas dar uma olhada, como se nada tivesse acontecido. E isso foi algo sobre o qual falamos no início, quando falaram sobre trazer Sharon de volta. Foi tipo, ok, isso seria ótimo. Mas como? E onde ela esteve, o que ela tem feito?”

VanCamp diz que os fãs que esperam que o seriado trate de seu beijo com Cap em “Guerra Civil” tornado ainda mais ofensivo pela decisão de Cap de viver sua vida no passado com sua tia-avó Peggy, provavelmente ficarão desapontados. “Não nos dirigimos muito a Steve.” Mas ela tem um esclarecimento muito importante a apontar quando se trata daquele beijo ouvido em volta do MCU:

“Eu acho que é importante ressaltar, e eu literalmente pensei sobre isso, falando sobre isso o dia todo, se ele a beijou. Acho que nunca disse isso. Mas isso é importante notar”, disse ela, acrescentando que Sharon está mais desiludida com toda a história do super-herói do que abrigar qualquer raiva específica de Cap. “Acho que é mais raiva do sistema e do governo.”

Tal como acontece com a outra série da Disney+ da Marvel, “WandaVision“, “Falcão e o Soldado Invernal” gerou inúmeras teorias de fãs, a maior delas sendo quem é este misterioso Mercador do Poder? Depois de levar Sam, Bucky e Zemo até o Dr. Nigel, Sharon é vista entrando em um carro e dizendo a seu guarda-costas: “Temos um problema maior”. Isso levou alguns, incluindo alguns de nós aqui no TheWrap, a se perguntar se é a própria Sharon.

“Há muita história por trás do que Sharon tem feito, o que ela está fazendo. Ainda há mais personagens por vir que ainda não vimos”, brinca VanCamp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *